quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

A adoração e a musica na Igreja


Adoração (leitourgía): Cabe notarmos que a adoração é "a primeira responsabilidade da Igreja". A adoração é também o grande objetivo da igreja e de seu culto. A música cristã participa deste objetivo, sendo um instrumento de comunicação entre Yahweh e os homens. Um meio pelo qual Yahweh pode expressar-se, e ao mesmo tempo permitir ao homem expressar uma resposta positiva à iniciativa da divindade. De modo que, acima de qualquer outro objetivo, a música eclesiástica deve orientar-se à adoração a Yahweh.

Donald P. Hustad afirma que "a música na igreja não é uma arte livre, nem um fim em si mesma. É arte trazida aos pés da cruz: arte dedicada ao serviço de Yahweh e a edificação da igreja." Prefere pensar na música cristã como uma arte funcional, uma criação humana, mas destinada ao cumprimento dos propósitos divinos. Diferentemente da arte "pura," a música cristã supera o prazer estético e é avaliada pelo cumprimento de seu propósito. Esse propósito não pode diferir da missão divina da igreja.

 Proclamação (kerygma): A música da igreja apregoa os feitos redentores de Yahweh em favor dos homens, e estende a eles um convite à fé e ao compromisso cristão. As religiões pagãs baseavam sua adoração nos ciclos da natureza; a religiosidade bíblica se baseia nas intervenções históricas de Yahweh em favor de seu povo. Os grandes atos da criação, preservação, redenção e providência devem proclamar-se na adoração cristã e na sua música. Eles provêem os motivos essenciais para a resposta do homem. Ellen White o expressou desta maneira: "A voz humana tem muito poder efetivo e musicalidade, e que aquele que aprende a cantar realiza esforços decididos adquirirá o habito de falar e cantar que será para ele um poder para ganhar conversos para Yaohushua".

Testemunho (marturía): A música cristã prove a oportunidade para compartilhar a fé e a experiência  com os outros. É um veículo adequado para contar o que o Senhor tem feito na vida de cada testemunha. Os que não crêem podem receber esse testemunho, e os irmãos serão edificados.

Educação (didajé): A música sacra constitui um ministério docente porque, como a música é educativa, pode transmitir com eficácia importantes aspectos do caráter e das ações do Criador. A serva do Senhor expressou assim: "É um dos meios mais eficazes para impressionar o coração com as verdades espirituais. Quantas vezes à alma oprimida e pronta a desesperar, vêm à memória algumas das palavras de Yahweh - as de um estribilho, há muito esquecido, de um hino da infância - e as tentações perdem o seu poder, a vida assume nova significação e novo propósito, e o ânimo e a alegria se comunicam a outras almas!

Nunca se deve perder de vista o valor do canto como meio de educação. Que haja cântico no lar, de hinos que sejam suaves e puros, e haverá menos palavras de censura e mais de animação, esperança e alegria. Haja canto na escola, e os alunos serão levados para mais perto de Yahweh, dos professores e uns dos outros."

Serviço (diakonía): A música cristã é muitas vezes um remédio para o espírito humano. Outorga ânimo, consolo e fortaleza. Por meio dos cantos sagrados em Israel "elevavam-se seus pensamentos acima das provações e dificuldades do caminho; abrandava-se, acalmava-se aquele espírito inquieto e turbulento; implantavam-se os princípios da verdade na memória; e fortalecia-se a fé." Por esta razão os músicos cristãos devem ver a si mesmos como autênticos ministros de Yahweh em favor dos conversos.

Comunhão (koinonía): A música cristã enfatiza a unidade da igreja e fortalece os laços de amor entre seus membros. Além de unir, o canto freqüentemente provê uma das poucas oportunidades de genuína participação conjunta. A oração e o canto unem os pensamentos dos adoradores e os orienta na direção do divino. Por isso, "O canto não deve ser feito apenas por uns poucos. Todos os presentes devem ser estimulados a tomar parte no serviço de canto."

A música sacra primeiramente deve ser expressão de Yahweh. É criada e executada por seres humanos, mas leva à sublime intenção de expressar a Yahweh. Por isso, "a música ao Eterno  deve incluir a melhor expressão humana possível daquilo que a cultura percebe ser a auto-revelação de Yahweh à humanidade". (Fonte:Bolg Despertai)

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Negócio Lucrativo: Petição na Casa Branca pede para que governo americano investigue Igreja Universal e Edir macedo


A polêmica envolvendo a lista de pastores evangélicos mais ricos do Brasil tem causado uma série de reações em todo o país, e até mesmo em regiões fora do território nacional. Entre essas se destaca uma petição feita no site da Casa Branca, nos Estados Unidos, que pede para que seja instaurada uma investigação sobre a fortuna do bispo Edir Macedo.
Macedo, que é fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, aparece no topo da lista dos líderes evangélicos mais ricos do país, com uma fortuna estimada em quase um bilhão de dólares.
A petição afirma que as igrejas evangélicas tem se tornado um negócio lucrativos, sobretudo por causa da exaustiva presença de líderes de várias igrejas na televisão, como os americanos Joel Osteen, Pat Robertson e Creflo Dollar.
Afirmando que Macedo está frequentemente envolvido em escândalos, “drenando” dinheiro que deveria ser destinado à obras de caridade, a petição pede para que os governos americano e brasileiro instaurem inquérito para investigar tanto a Igreja Universal quanto seu líder, Edir Macedo.
A petição já está repercutindo também no Brasil. Uma página no Facebook, intitulada “Brasil Contra Igreja Universal”, que se intitula a “maior página brasileira contra a corrupção religiosa” está divulgando a petição, e a publicação sobre o pedido já recebeu centenas de “curtidas” e compartilhamentos na rede social.
Na postagem em que o link da petição foi divulgado, dezenas de pessoas se manifestaram a favor da investigação, e muitos afirmaram que, talvez, uma ivetigação norte americana seja o único caminho para mudar o cenário da igreja evangélica, dominado pela chamada teologia da properidade.
Leia o texto da petição:
Exigimos do governo dos EUA para lançar uma inquérito ao fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo
O repórter da Forbes.com, Anderson Antunes, publicou recentemente um artigo informando sobre os pastores mais ricos do Brasil. Todos sabemos que a religião evangélica tem sido um negócio lucrativo nos Estados Unidos através de tele-evangelistas como Joel Osteen, Pat Robertson, e Creflo Dollar, assim por diante. Esta petição é focada no “bispo” Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus. Macedo tem igrejas no Brasil e nos Estados Unidos. Relatórios, em meio a controvérsia que Macedo é o pastor evangélico mais rico do Brasil, com um patrimônio líquido estimado a uma quantia perto de um bilhão de dólares. Macedo está freqüentemente envolvido em escândalos, supostamente drenando dinheiro que deveria ir para a caridade. Nós pedimos aos EUA e Brasil para lançar uma investigação contra Macedo.
Por Dan Martins

Tragédia em Santa maria: "Onde estava Deus (Yahweh) ?" pergunta ateu.


Com o título “Deus, cadê você, cara?”, a Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA), publicou na noite de domingo para segunda uma imagem dos corpos das vítimas ainda no interior da boate Kiss, em sua página no Facebook. A foto na verdade seria de um outro incêndio, na Tailândia, mas foi atribuída à tragédia em Santa Maria devido ao momento.
A atitude causou revolta em diversos internautas, incluindo os que “curtiam” a página no Facebook, e resultou em protestos no Twitter. Diversos usuários da página a excluíram de suas atualizações, numa iniciativa de represália.
Gospel+ teve acesso a foto publicada pela ATEA mas decidiu não inclui-lá nesta publicação por ser cenas fortes e crime, preservando assim seus leitores. A imagem dos corpos publicada pela página ateísta tipifica o crime de Vilipêndio a Cadáver, conforme descrito no artigo 212 do Decreto de Lei nº 2.848 de 7 de dezembro de 1940, com pena prevista de um a três anos de reclusão, e multa.
“Sempre me mantive distante da ‘ATEA’ por não concordar com suas práticas. Desta vez, mostrar as fotos das vítimas mortas foi lamentável”, escreveu o usuário Gustavo F. Chapacais no Twitter.
Na página da ATEA no Facebook, um internauta observa que, ao publicar a imagem com cadáveres para questionar a existência de Deus, a instituição não contribuiu com a convivência entre pessoas de crenças diversas: “Agora que estão descobrindo o quanto é horrível essa página, disseminando ódio e explorando a dor alheia para quererem ‘provar’ algo… Não fazem isso de hoje”, afirmou Roger Carvalho.
“Ultimamente eu tenho visto uma quantidade elevada de ateus imbecis, em especial essa galera da ATEA, que francamente virou uma piada”, protestou Thiago M. Souza no Twitter.
Porém, um internauta identificado como Glauber Macario tentou ponderar a situação, mencionando que os administradores da página da ATEA não representam todos os ateus: “Achar que todos os ateus são como os da ATEA é o mesmo que achar que todos os cristão são iguais ao Silas Malafaia”.
Após a repercussão negativa, a ATEA apagou a publicação com a imagem dos corpos das vítimas, e publicou outra, em que ironiza a atitude de culpar Deus pela tragédia: “Não podemos de forma alguma colocar a culpa desta tragédia em Deus, nem cobrá-lo por não ter ajudado ou evitado o incêndio. Afinal, cobrar ações de um ser que não existe seria irracional, e irracionalidade nunca foi a área de atuação dos ateus. O que podemos fazer é mostrar respeito à dor dos familiares e amigos das vítimas”.
Entretanto, a ATEA manteve uma imagem com um print screen de uma atualização dos Trending Topics do Twitter onde o nome da associação aparece como um dos assuntos mais tratados no microblog.
O socorro às vítimas segue em Santa Maria e cidades vizinhas, além de Porto Alegre, capital do estado. A Defesa Civil pede ajuda de voluntários e a Secretaria de Saúde gaúcha solicita que doadores de sangue compareçam aos hemocentros. Saiba como ajudar clicando aqui.(Por Tiago Chagas).

Ter Deus (Yahweh) ao nosso lado não significa que não passaremos pelas dores ou momentos difíceis. A presença de Deus (Yahweh) em nossa vida não nos isenta do sofrimento. Viver em Deus (Yahweh) não é caminho largo sem dor. A dor e o sofrimento fazem parte da nossa vida por causa da nossa limitação, seremos livres deles totalmente quando, um dia, vivermos em Deus (Yahweh). Mas enquanto caminhamos nesta terra imperfeita e limitada estaremos à mercê do sofrimento e da dor. A diferença está em que aquele que vive uma vida na fé e em Deus (Yahweh) encara e supera o sofrimento de forma diferente. O que vive pela fé não é vencido pela dor e pelas tribulações mas supera tudo isso porque Deus (Yahweh) está ao seu lado. Aquele apóstolo também sentiu isso, ele não foi poupado do sofrimento, mas tinha certeza da sua vitória: “Em tudo somos oprimidos, mas não sucumbimos. Vivemos em completa penúria, mas não desesperamos. Somos perseguidos, mas não ficamos desamparados. Somos abatidos, mas não somos destruídos”. (2Cor 4,8-9). Ter Deus (Yahweh) ao nosso lado não nos livra da dor, mas nos dá condições de superá-la.


Sei que esta é a pergunta que todos estão fazendo porque fomos criados pensando que Deus (Yahweh) deve fazer tudo por nós. Felizmente não é assim. Digo felizmente porque Deus (Yahweh) nos criou para que tivéssemos um relacionamento de amor com ele. Ele nos ama e nós o amamos. Ora, para que isso aconteça deve haver liberdade. Caso contrario não seria amor e sim pura obediência. Amamos a Deus com tanta liberdade que podemos até rejeitá-lo, caso seja essa nossa escolha. Por causa disso Deus (Yahweh) não intervém na nossa história a todo momento. Fazemos o nosso caminho a partir daquilo que apreendemos do seu amor, temos a sua força que nos impele a superar os momentos difíceis mas não somos parte de um brinquedo de Deus (Yahweh), onde Ele controla tudo com um joystick como se fosse um daqueles joguinhos de computador.

Se acontecem tragédias, acidentes e ataques terroristas Deus (Yahweh) não é o culpado. Até entendo que diante de uma falta de explicação para os fatos tentemos buscar um culpado e não achando ninguém culpamos a Deus (Yahweh). Mas as tragédias acontecem por negligência, por falta de responsabilidade ou porque não se observaram regras básicas de segurança, no caso, acender um artefato explosivo num ambiente fechado. Os acidentes são frutos do desgaste de peças e de falhas humanas e os ataques terroristas, frutos da maldade do coração dos homens. Deus (Yahweh) não participa disso.

Deus (Yahweh) está nas milhares de pessoas que são solidárias e oram por essas familias. Ele está nas centenas de voluntários que se uniram para ajudar. Deus (Yahweh) se encontra naqueles que entraram na boate, em chamas, para resgatar os que estavam ali. Deus (Yahweh) permanence no coração daqueles que choram e ao mesmo tempo enxuga as lágrimas de um pai ou mãe inconsoláveis. Deus (Yahweh) estará no coração de cada parente ou amigo daqueles jovens fazendo com que eles possam retomar as suas vidas. Deus (Yahweh) estará na voz daqueles que irão denunciar as péssimas condições de segurança de locais semelhantes à esta boate para que outras tragédias não venham acontecer mais.


Deus (Yahweh) deve estar em seu coração neste momento, para que você se una à essas famílias e reze por elas. Deus (Yahweh) deve estar em seu coração, neste momento para que você procure alguém que esteja sofrendo para consolar e ajudar. 


Deus (Yahweh) pode fazer tudo, mas prefere fazer tudo através de você.(Teka-Yahoo brasil-Respostas)
"
Mesmo que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque a tua vara e o teu cajado me consolam"(Salmo 23:4).

sábado, 26 de janeiro de 2013

A palavra de Yaohushua...


Quanto vale a pregação?


Depois de: Quanto vale o show? Confira lista com os valores cobrados no meio Gospel, decidimos realizar uma ampla pesquisa, e revelar quanto os principais pregadores da atualidade, estão cobrando por pregações, conferências e seminários. Precisamos entender a logistica da contratação, quase cem por cento dos pregadores, cobram passagens ida e volta hospedagem as vezes com familiares, fora o pagamento por 2 ou 3 dias de ministração que varia muito de cidade para cidade, igreja para igreja. segue abaixo uma lista com números coletados dos valores cobrados em média em 2012. 
* Nem sempre o valor corresponde a um único dia de pregação, podem ser; Congressos de três dias, etc...


ABÍLIO SANTANA                  R$ 17.000,00
MARCO FELICIANO              R$ 25.000,00
ANÉSIO RODRIGUES           R$   8.000,00
ARIOVALDO RAMOS            R$   5.000,00
CARVALHO JÚNIOR              R$10.000,00
CLAUDIO GAMA                   R$  6.000,00             
GEZIEL GOMES                      R$12.000,00
HIDEKAZU TAKAYAMA         R$ 10.000,00
JOSUÉ BRANDÃO                 R$ 8.000,00  
JUANRIBE PAGLIARIN           R$ 20.000,00      
SILAS MALAFAIA                    R$ 15.000,00  
CAIO FABIO                              R$ 00.000,00  Despesas (Hospedagens/passagens)
MARCOS GREGÓRIO             R$ 18.000,00
JORGE LINHARES                   R$ 15.000,00
JABES DE ALENCAR             R$  15.000,00
ELSSON DE ASSIS                 R$  12.000,00
ADEILDO COSTA                     R$ 15.000,00
SILMAR COELHO                     R$  14.000,00
ABNER FERREIRA                   R$  16.000,00
ALEXANDRE BRITO                  R$  10.000,00
ALISSON BERNARDINO           R$   8.000,00
ANDERSON DO CARMO          R$   6.000,00
ANGELO GALVÃO                     R$  5.000,00
BENHOUR LOPES                      R$  12.000,00
CARLOS DE JESUS                R$   8.000,00
CLODOALDO ANDRADE         R$   6.000,00

O fuxico Gospel
Divulgação: Web Evangelista

Fim da Picada:Transexual está estudando teologia para se tornar a primeira “reverendo” do Brasil



As igrejas inclusivas, onde homossexuais, bissexuais e transexuais são aceitos de maneira aberta, tem crescido no Brasil de forma significativa.
No Brasil, atualmente existem aproximadamente 40 denominações com essa abordagem, sendo lideradas por homossexuais assumidos.
De acordo com informações do Yahoo!, a motivação dos fundadores dessas igrejas é oriunda de uma reação à rejeição do comportamento homossexual nas igrejas tradicionais.
O reverendo Nancy Wilson, líder da Igreja Cristã Metropolitana (ICM) afirma que os frequentadores das igrejas inclusivas não são apenas gays: “Hoje não só atraímos homossexuais como também quem diz: ‘Sou solidário a vocês na busca por mais compreensão religiosa’”.
Na ICM, a transexual Alexya Lucas Salvador afirma ter encontrado espaço para conviver e praticar sua fé: “Eu percebi que eu podia ter uma igreja onde podia ser eu mesma. [...] Me alegro por que posso dizer ‘venham, aqui tem uma casa para vocês’”, disse.
Alexya afirma estar estudando teologia para ser a primeira reverenda transexual do Brasil: “As igrejas cristãs vão ter de se abrir para a homossexualidade, para a transexualidade. Eu sei que eu não vou ver isso, mas estou fazendo parte deste processo”, acredita.
Uma das mais conhecidas igrejas inclusivas do Brasil é a Comunidade Cidade de Refúgio, fundada pela pastora Lana Holder.
A estratégia da denominação para atrair novos frequentadores se passa por reproduzir o ambiente que comumente é frequentado por seu público-alvo: as baladas.
Lana explica que nas festas “EletroGospel” realizadas na Cidade de Refúgio, bebidas alcoolicas não são permitidas: “O objetivo é que todos se divirtam com moderação. Somos cristãos e, portanto, contra qualquer promiscuidade”, pontua.
A expansão dessa modalidade de denominações tem preocupado a Igreja Católica, que assume postura abertamente contrária ao homossexualismo. Na visão de Bento XVI, a prática homossexual ameaça a família.
“Não há como negar a crise que ameaça a família em seus fundamentos – especialmente no mundo ocidental”, disse o Papa, ressaltando que o casamento entre homem e mulher é “o autêntico ambiente para se entregar o plano da existência humana”.
Confira no vídeo abaixo, a reportagem do Yahoo! sobre a igreja gay no brasil:

Ator evangélico vai interpretar entidade maligna em desfile de Escola de Samba

   

                        "É o meu trabalho, não muda o que eu creio” diz o ator Vinícius Villiger"

Quem sou eu para faze julgamento a qualquer pessoa, mas há determinadas posturas que ao meu ver não dignas de pessoas que se diga  evangélico. É necessário mais firmeza nas nossas convicções, pois hoje , as pessoas mudam de opinião como quem muda de roupa, enquanto  outras, as suas convicções são vacilantes quando confrontadas com sua fé. Pois Yahweh não deseja de nós só 10%  e sim todo nosso vida, ou seja 100%. Tudo bem, talvez alguns vão procurar explicar que é impossível. Mas vou entender. mas quando estudamos um pouco a palavra do nosso Ulohim percebemos que homem como Daniel foi muito coerente a respeito de sua fé. Pedro certa vez disse, "é melhor obedecer a  Yahweh do que a homens". É preciso coerência quando abraçamos a fé e o Caminho. Não existe meio termo. Não podemos fazer acordo com o sistema. Não devemos olhar para trás. Pois bem, essa noticia é para você que acha que já viu de tudo.
No carnaval carioca de 2013, a escola de samba Portela irá ter, entre outros, um personagem chamado Zé Pelintra, em referência à entidade que é tido como padroeiro do Mercadão de Madureira.
O selecionado por Valci Pelé, coordenador de passistas da escola, para interpretar o personagem foi um ator e dançarino evangélico, de acordo com informações do site SRZD.
“Sou evangélico, frequento minha igreja, tenho minha fé. Mas não vou confundir as coisas. Li a pesquisa feita pelo Valci sobre o tema. Quero fazer um trabalho de composição de personagem. Para mim, é um desafio artístico como qualquer outro!”, afirmou Vinícius Villiger.
Sobre as críticas que pode receber dos irmãos de fé, o ator rebate: “É meu trabalho. Não tem conotação religiosa pra mim. Não muda o que eu creio. Estou preocupado com o desafio, não com essa discussão”.
O coordenador Valci Pelé afirmou que a apresentação do personagem de Vinícius será especial, e estará na ala em que haverá outros 100 malandros.
“O grupo tem ensaiado desde agosto, na quadra e na avenida. Após nos debruçarmos em estudos específicos e uma série de pesquisas, fizemos uma preparação que envolve performance, laboratórios de dança do samba, percepção motora e equilíbrio. Convidei o Vinícius para interpretar o personagem porque precisava de alguém técnico para esse trabalho”, explica Valci.
Por Tiago Chagas

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

SERMÃO: "DEVEMOS CORRIGIR OS NOSSOS CAMINHOS"

O sermão de hoje tem por objetivo orientar e direcionar o povo de Yahweh, para corrigir os seus caminhos de pecados. De tempos em tempos há necessidade de refletirmos sobre a nossa posição dentro do Reino de Ulohim, para alcançarmos a vida eterna, e se tivermos pecados não alcançaremos nosso objetivo.



         


                                            TEXTO BÍBLICO: AMÓS 3:1-8
1) Informações Gerais: 

O livro de Amós foi escrito na Palestina cerca de 824-810 a.C. O seu autor foi Amós, que foi profeta, pastor e cultivador de sicômoros. Ele pregou sobre o Reino do Sul; Judá e depois no Reino do Norte; Israel. O tema de sua pregação era a mensagem de juízo de Deus contra várias nações, envolvendo judeus, gentios, por causa dos seus pecados e rebeliões contra Deus.

Amós como profeta nos orienta como Yahweh lida com os pecados, enviando juízos sobre todos os pecadores. Amós conhecia muito bem o povo de Yahweh e podia falar com sinceridade o momento que estavam vivendo. Ele pregava em áreas públicas, profetizava e admoestava que o povo deveria corrigir os seus caminhos de pecados. Irmãos, o que se passou naquela época, é muito semelhante o que estamos passando nos dias atuais, principalmente a igreja de Yahushua.

Lendo o livro de J.A.Motyer, A Mensagem de Amós, que é reitor da faculdade Trinity em Bristol, Inglaterra, ele escreveu um belíssimo comentário sobre o livro de Amós, na página 57, que transcrevo para vocês:"Em tudo na vida há um antes e um depois. Um tempo de oportunidade e um tempo em que a oportunidade já passou; Um tempo para se dizer devo e posso fazer. E um tempo quando tudo o que resta é eu não posso fazer. Na formação dos hábitos, há um momento ou período quando a mente, as emoções e a vontade estão suficientemente desimpedidas para fazerem uma mudança completa; Há também um ponto em que não há retorno, além do qual não se tem mais liberdade e a vida já esta comprometida para o bem ou para o mal. Cada dia temos um agora de oportunidades que se desfazem ou morrem". O escritor Motyer é muito feliz nas suas colocações deste texto, pois tem por base um apelo a nossas vidas sobre o momento que vivemos, faça agora a sua reflexão sobre ela.

2) Pecado do Povo segundo a leitura de Amós:

Naquela época a prosperidade, a exploração e o lucro eram marcantes na sociedade. Os ricos eram muito ricos e possuíam diversas casas de valores altos (Amós 3:15; 6:4). Não que não devessem ser ricos, mas era algo exorbitante. Os pobres eram realmente pobres e desavergonhadamente explorados, sofriam extorsões imobiliárias, extorsões legais e comerciais: (2:6,7/ 5:10,12/ 8:5). Quando os pobres não podiam pagar os ricos, eles eram simplesmente ignorados para que se arruinassem(6:6). O dinheiro e a ganância governavam em tudo, os homens viviam para os negócios (8:5), e as mulheres viviam para o prazer, para a satisfação pessoal (4:1). E os governantes para a frivolidade (6:1-6). Não é muito diferente da situação atual que vivemos nos nossos dias. Algumas igrejas bem específicas só pregam prosperidade, exploram as pessoas tirando delas tudo o que tem em nome de Yahweh, de Yaohushua. Dê o seu carro, a sua casa, o seu terreno. Não se há testemunhos de curas, de arrependimento, de perdão, de amor ao próximo, do valor da cruz, etc. 



Um exemplo  muito interessante neste assunto: Uma ovelha recém chegada em uma igreja, há 4 anos atrás, de boa posição financeira e cultural, relatou o seguinte; estava precisando trocar o seu carro, e o seu esposo prontamente o fez por um carro zero km. Neste mesmo dia ela foi a uma igreja e na hora das ofertas, depois do Pastor pregar a prosperidade, ela entregou o carro a igreja. Voltou para casa e no jantar o esposo falou aos 2 filhos que deu para a mãe deles um carro novo e os convidou para conhecê-lo na garagem, imaginem o susto quanto a esposa disse que deu o carro para a igreja. Os esposo não era cristão, só a esposa, até hoje quando nos encontramos ele conta a história, e diz: evangélico eu, nunca! 


O Pastor ou que lidera e que conhece a Palavra de Ulohim, sabe discernir muito bem quando o povo de Yhwh está sendo explorado. E esta sendo explorado e muito, muitos Pastores a Apóstolos, dizem em seus programas de TV e Rádio, "ajudem este programa com suas contribuições, porque senão o programa vai terminar, e quando você vê a relação dos mesmos nos meios de comunicação entre os mais prósperos do Brasil com milhões em suas contas, você deve se perguntar: Por que eles não ofertam seus milhões nos seus programas de TV e Rádio. Onde esta a humildade que Yaohushua pregou ? Acumulam riquezas.....na terra.

3) Amós e a Religião:
Ele viu que havia muita religiosidade, formalismo, que adoravam o que era tradicional, e (...). Os centros religiosos viviam lotados (4:4; 5:5; 8:23), os louvores eram entusiasticamente apresentados, tudo com base na mente humana, o falso culto.

A religião parecia ser um empreendimento comercial, que atendia os interesses das pessoas. Aonde vou buscar as soluções para as minhas finanças ? Os líderes defendiam suas instituições e pregavam o que lhes interessavam. Muita semelhança com os nossos dias atuais, perceberam...

4) Amós e a Política:

Os padrões públicos da sociedade como a moral, a ética e as práticas comerciais astuciosas estavam em plena decadência. As autoridades e as leis eram desprezadas (5:10). A liderança nacional valorizava seus cargos de posição, para interesses próprios e não resolviam os verdadeiros problemas do povo (6:2,3).

Gostos e desgostos pessoais tinham prioridade sobre os interesses da nação(6:4-6). Transgressões e pecados eram comuns, e Amós pregava sem que ninguém pudesse dizer que ele estava errado (5:12). Muita semelhança com os nossos dias atuais, perceberam....

5) Amós e os textos bíblicos  3:1-8:

O povo de Yahweh escolhido são os judeus, mas Ulohim pela sua santa misericórdia nos agraciou com a sua escolha, e nós que cremos temos que corresponder, andaremos juntos com Ulohim se (condicional) estivermos de acordo com as leis, estatutos, mandamentos e obediência a Yahweh. E isto significa que o Senhor vai agir, nós como povo devemos nos examinar, o nosso destino, os nossos desejos, as nossas ambições, o nosso coração, o nosso futuro, a nossa religiosidade, os nossos pecados. Recomendo fazermos uma leitura de nossa situação presente em todos os aspectos de nossa vida, e se tivermos errando devemos obrigatoriamente mudar as nossas condutas. Ainda há tempo de mudanças, antes que Jesus volte, o momento é AGORA.

Que Yahweh abençoe a todos. ( Texto do Pastor Cláudio Navarro).

10 Frases Sobre Cultivar a Gratidão

Apenas hoje estou reconhecendo a oportunidade em vez do obstáculo. A bondade em vez da apatia, a luz no lugar da escuridão, o amor em ve...